Relíquias de W.Bakumenko:

Com Bakumenk em São Paulo e G. Izidoro no Rio, o jogo de damas tomou um impulso fabuloso. Bakumenko, alicerçado em sólidos conhecimentos técnicos, incentivou a prática do Jogo de Damas, principalmente pela publicação semanal de uma coluna damística no jornal “A Gazeta Esportiva“.
Manteve também outras colunas e incentivou a criação de outras (L. Engels, famoso jogador de xadrez, incentivado pelo mestre, manteve uma seção no jornal “O Estado de São Paulo“). Criou grupos damístico e foi a centelha da criação de muitos outros. Editou 2 livros: “Jóias do Jogo de Damas” e “Curso das Damas Brasileiras“. Bakumenk faleceu em 13 de maio de 1969.

Aqui, o usuário terá acesso á ideias fantásticas do saudoso Grande Mestre,W.Bakumenk. Solicite seu plano de acesso e disponha da maior Base Teórica Digital da internet. Clique aqui e veja como proceder.

Mestre-Ucraniano-do-jogo-de-damas-Waldemar-Bakumenko